ela Responde

O anticoncepcional é mais eficaz do que os outros métodos (camisinha, injeção, DIU, etc)?

Todos os métodos contraceptivos têm sua importância para evitar a gravidez, mas uns são mais seguros do que os outros. A escolha do melhor método para cada tipo de mulher deve ser feita sob orientação médica, após a discussão e avaliação das necessidades e preferências de cada pessoa.(2)

Importante: Usar o anticoncepcional antes de começar a ter relações e a camisinha na hora em que tiver relações sexuais!

A tabelinha ou coito interrompido (ejacular fora da vagina) são dois métodos com altos índices de falha.
A camisinha é um método contraceptivo tipo barreira MUITO IMPORTANTE PARA PREVENIR infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), mas que usado sozinho não é tão seguro para EVITAR A GRAVIDEZ. É essencial usar a camisinha para evitar as ISTs. A camisinha impede a subida dos espermatozoides até o útero. Se o menino usar corretamente a camisinha desde o inicio da relação sexual, este método tem índice de falha de 3 a 12 %.
O anticoncepcional hormonal combinado, injeção anticoncepcional mensal e trimestral, o adesivo, e o anel vaginal são muito seguros: o índice de falha é muito baixo, de 0,3 a 0,7 gestações/100 mulheres-ano
O Dispositivo Intrauterino (DIU) e o Sistema Intrauterino (SIU) que contém o hormônio são inseridos dentro do útero pelo médico. A vantagem destes dispositivos é a alta efi cácia, além de poder proteger a mulher durante 5 a 10 anos. O DIU de cobre não possui hormônios, mas o SIU libera o hormônio dentro do útero. O índice de falha do DIU é de 0,5 a 0,7/100 mulheres- ano, enquanto o SIU tem índice de falha de 0,2/100 mulheres-ano.
O Implante é um pequeno bastão de 4 cm de comprimento por 2 mm de espessura que contém um medicamento chamado etonogestrel. Este bastão é inserido, pelo médico, debaixo da pele na face interna do braço esquerdo. É o método anticoncepcional mais seguro.