Pouco tempo e coisas demais

por Feito para Ela

Você também está mais cansada durante essa pandemia e não sabe de onde tantas mulheres tiram tempo pra tantas lives no Instagram? É aula de yoga, de meditação, de panificação, maratona na Netflix, arrumação dos armários e 10 livros novos? Pois é. Você não está sozinha, mas saiba que há como você se sentir bem, mesmo fazendo tantas coisas ao mesmo tempo.

Claro que isso é só uma brincadeira e é impossível fazer seu dia ter mais que 24 horas. Mas existem, sim, dicas que você pode adotar para um dia a dia mais saudável.

Para a coach e especialista em desenvolvimento humano Carla Brandão, 52 anos, de São Paulo, nós só estamos insatisfeitos quando a nossa rotina é que não está satisfatória. “A gente não pode viver olhando pra grama do vizinho porque isso sempre vai gerar insatisfação. A nossa vida sempre vai parecer mais enfadonha que a do outro”.

Também é preciso avaliar o seu cenário e entender que somos capazes de fazer tudo, mas que também, não tem problema se não conseguir e está tudo bem. “É preciso avaliar a qualidade e não a quantidade”, pondera Ana Chauvet, 34, especialista em carreiras, recolocação profissional e recursos humanos, do Rio de Janeiro.

O primeiro passo é criar uma rotina para conseguir chegar ao final de 7 dias e ver tudo o que conseguiu fazer de bom. Pessoas realmente felizes são as que se dedicam igualmente aos vários aspectos da vida. A coach Carla Brandão chama de 7 saúdes as áreas que devem nortear o equilíbrio na vida de uma pessoa: saúde física, saúde intelectual, saúde financeira, saúde familiar, saúde espiritual, saúde social e saúde profissional.

Equilibrá-las é questão de prioridade e organização. É possível fazer tudo que queremos e precisamos quando conseguimos organizar nossas ideias. Ana Chauvet fala em uma “tríade do planejamento” para nos organizarmos (veja quadro abaixo).

Um pouco por dia, um dia de cada vez

Cada dia priorizar uma questão pode ser uma saída: se em um dia você se dedica a fazer um bolo, pode deixar a vídeo-chamada com a família que mora longe para o dia seguinte. Se a pessoa se dedica demais a uma só área ela vai ficar insatisfeita e também aquela que precisa “dar conta de tudo”, vai se sentir igualmente mal.

Carla pondera sobre viver o agora: “se você viver no ontem ou viver com a cabeça no amanhã vai gerar ansiedade e um pouco de depressão”. Ela indica meditar ao acordar ou antes de dormir para ajudar a “zerar o HD”. Isso vai ajudar a manter o foco sem rigidez. “As vezes você vai precisar sair do planejamento para aceitar um convite, por exemplo, mas no geral, temos que manter a mente no que foi planejado para o dia somente”, pondera.

Ter o planejamento por escrito é fundamental. Ter tudo na cabeça só colabora para um sentimento de ter tarefas demais e ao escrever, tudo se torna mais claro e aí, você passa a ter noção real de como está sua vida.

“Quando conseguimos organizar o nosso planejamento, as coisas passam a ter mais resultado, você se torna mais produtivo, conforme suas limitações e disponibilidades. Até que no final da semana você vai olhar para seu cenário e pensar: Como consegui fazer isso tudo?” vislumbra Ana.

Se pré-organizar para cumprir o planejamento é muito importante. Uma coisa a se pensar é, se você não pode, por exemplo, ir na academia ou fazer 1 hora de exercício físico em casa, faça um alongamento de 15 minutos diariamente. Isso vai surtir um efeito no seu corpo e na sua mente. “A gente tem mania de não fazer algo menor esperando para fazer o ‘perfeito’. Isso vai te levar a olhar a grama do vizinho. Um pouquinho por dia é melhor do não fazer. Com certeza há quem olhe também para sua vida achando que você dá conta de tudo e inveje sua vida maravilhosa” alerta Carla.

Outra coisa importante, relacionada ao foco é que você elimine o que tira sua atenção. Ana alerta que, durante uma tarefa do seu planner, você coloque o celular longe, avise as pessoas que você não pode ser interrompida e se surgir alguma demanda, inclua na lista de pendências para você conseguir distribuir conforme sua rotina. “Não pare nada no meio” aconselha.

Para quem tem dificuldade com isso, a coach de São Paulo ensina um exercício para prestação atenção no momento presente: prestar atenção aos detalhes de cada atividade. “Respirar ou usar algum tipo de âncora como ferramenta para voltar ao importante, cada vez que você se perde em pensamentos. Pode ser alguma coisa visual, um objeto sobre a mesa de trabalho. A neurociência nos ensina a ter essas âncoras para voltar ao foco, esses elementos te ajudam a viver no momento presente, sem divagações e sem viver em função ‘do outro’”.

Não carregue pedras

Mas você ainda se sente sobrecarregada e isso está te levando a momentos de tristeza? Tudo em excesso faz mal. É preciso, sim, ter momentos de descanso e sempre entender aquilo que te faz bem. Que tal essa outra dica da Carla Brandão: “feche os olhos e se lembre de um momento incrível da sua vida. Respire fundo três vezes e você vai recobrar a sua serenidade. E poderá voltar a focar no agora. A gente só consegue pensar em saídas e ter boas ideias quando está vivendo o agora”.

É possível ter responsabilidade, executar todas as tarefas e, ainda assim, ter momentos seus, com sua família e ser feliz. Com um planejamento bem feito da sua rotina, você alcança tudo isso. Você precisa parar de carregar as pedras.

Tríade do planejamento de Ana Chauvet

  1. Faça um levantamento de pendências. Anote em um papel tudo que está pendente, tudo que ficou pelo caminho, tudo que você começou a fazer e não terminou e coisas que você precisa concluir. Anote em tópicos para facilitar a visualização.
  2. Compre ou faça um planner com os dias da semana. Organize por horário suas tarefas e suas responsabilidades principais. Entre uma responsabilidade principal e outra, você vai olhar para o levantamento de pendências e vai começar a encaixar o que dá para fazer naquele período.
  3. Execute. A cada atividade finalizada, risque e recomece essa tarefa no início da semana seguinte. Limpe e refaça a lista de pendências, distribua as tarefas e execute.

Veja Também

Deixe um Comentário

Inscreva-se para receber os conteúdos mais importantes sobre saúde da mulher, bem-estar, empreendedorismo, carreira e muito mais!